quinta-feira, 19 de julho de 2012

Vídeo de sexo de musa da CPI do Cachoeira agita Brasília; veja as cenas

Um vídeo íntimo que vazou na internet está causando alvoroço em Brasília. No vídeo aparece a assessora especial parlamentar Denise Leitão Rocha, do gabinete do senador Ciro Nogueira do Piauí, fazendo sexo.
Assessora Denise Leitão Rocha no Piauí
Assessora Denise Leitão Rocha no Piauí
A gravação circulou entre assessores e jornalistas que cobrem a CPI do Cachoeira em meio a versões conflitantes sobre a origem e as circunstâncias do vazamento, ainda não esclarecidas.

No vídeo dá a entender que a máquina fotográfica usada para a filmagem é da própria assessora. Logo no início do filme, o parceiro de Denise pergunta:

- Tá filmando?

Ela confirma.

Nove segundos depois, ele repete para se certificar:

- Tá filmando mesmo?

E ela pede a máquina:
- Deixa eu ver.
Senador Ciro Nogueira
               Senador Ciro Nogueira
O senador Ciro Nogueira afirmou nesta terça-feira (17) à noite que passa por uma situação “muito constrangedora” por causa desse vídeo de uma de suas assessoras parlamentares.

“É uma situação muito constrangedora, disso [gravação] que é uma coisa muito antiga, pelo que me disseram”, disse Nogueira ao G1.

Ele afirmou acreditar que o vídeo foi feito antes de a assessora ser nomeada pelo gabinete, no início de 2011, mas também não sabe como ele veio à tona.

Ciro Nogueira não descarta um pedido da própria assessora para se afastar definitivamente, nem uma eventual demissão, mas disse que isso ainda não está em questão.

O senador, contudo, elogiou o trabalho de Denise e disse que ela foi selecionada para trabalhar no gabinete após análise de currículos e entrevistas com outros servidores.
Assessora do senador desfilando na praia
Assessora do senador desfilando na praia

Depois dos vazamento, o vídeo foi largamente repassado e exibido no comitê de imprensa do Senado, onde ficam os jornalistas.

A gravação tem duração de 2 minutos e 56 segundos e mostra todo o ato sexual entre a assessora e o parceiro. Na maior parte do tempo aparece as partes íntimas dos dois.

Ao jornal Extra, Denise afirmou que não viu o vídeo, mas disse que pretende entrar na Justiça contra o responsável pelo vazamento das imagens.

Com a repercussão interna, a assessora pediu um afastamento, aproveitando o período de recesso dos parlamentares (Com informações do Extra e do G1).

(atualizado 16:00)Atenção, só para maiores de 18 anos.Clique e veja aqui o vídeo da assessora parlamentar

Nenhum comentário:

Postar um comentário